O governador Ratinho Júnior (PSC) , o secretário estadual de Saúde Beto Preto e todos os integrantes da comitiva estadual que tiveram contato direto com o ex-ministro da saúde e atual deputado Ricardo Barros (PP), que testou positivo para Covid-19, ficarão isolados até que os resultados de exames sejam divulgados.

A informação foi repassada pela assessoria do Governo do Paraná no fim da tarde deste domingo (26).

Ainda conforme o governo, boa parte da comitiva que esteve em Maringá, no norte do Paraná, anunciando recursos ao Hospital Universitário (HU), já realizou exame junto ao Laboratório Central do Estado (Lacen).

O governo afirma que todos estavam usando máscaras e microfones foram higienizados com álcool gel antes de serem utilizados.

O deputado Ricardo Barros, que foi ministro da Saúde no governo Michel Temer, divulgou que foi infectado pelo novo coronavírus nas redes sociais na noite de sábado (25).

Ele ficou internado no hospital Santa Casa de Maringá de sexta-feira (24) até o meio-dia deste domingo.

Na saída do hospital, Barros informou que ficará isolado em casa e tomará remédios durante o tratamento. A assessoria do deputado informou que ele tomará azitromicina e cloroquina.

Fonte: G 1- Paraná

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui